Lead: O que é e como gerar?

Índice

Um lead é uma peça fundamental em qualquer negócio no ambiente virtual que busca obter sucesso em vendas. 

Deste modo, é essencial que você conheça quais são as ferramentas e estratégias de Marketing Digital que podem ajudar você a atrair mais leads para o seu negócio e também conduzi-los através do funil de vendas.

No funil de vendas, cada etapa é importante para que esse lead possa chegar até o fundo do funil e gerar uma conversão. 

Só é possível transformar um lead em uma conversão quando você conhece o que acontece em cada etapa, trabalha para construir relacionamento e confiança com o seu lead até a conversão.  

Por isso, para que você saiba o que é lead, como atrair mais leads para o seu negócio e como geri-los, preparamos um guia completo com todas essas informações. 

O que é lead?

Um lead é um consumidor que representa uma oportunidade em potencial de fazer negócio com a sua empresa.  

Mas como saber se um consumidor que visita site, por exemplo, é uma oportunidade de negócio? 

Esse visitante passa a ser um lead depois que ele já interagiu com a sua empresa, ou seja, demonstrou interesse no seu produto ou serviço. 

Quando falamos de Marketing Digital, existem diversas maneiras de um lead demonstrar que possui interesse no seu produto ou serviço.

Entre elas podemos destacar as principais como: baixar um material rico que estava disponível no seu site, pedir um orçamento ou então experimentar a avaliação gratuita de algum produto.

É durante a realização dessas ações que o lead te concede acesso a informações valiosas como seu nome, email, telefone, e etc… Para que você entre em contato com ele. 

Ou seja, por meio dessa ação é possível deduzir que esse lead, muito provavelmente, tem interesse em  ouvir mais sobre a sua empresa, conhecer mais sobre os produtos e as promoções que você oferece a ele.

E seguindo esse raciocínio, esse lead é alguém que poderia ser abordado por um membro da sua equipe de vendas, por exemplo.

Na perspectiva do Marketing digital, o conceito de lead permite que as empresas não precisem ir atrás do seus clientes, e sim os clientes que vão atrás das empresas.

Mas esteja atento para não confundir lead, com visitante e ainda com um prospect, pois essa confusão pode atrapalhar a sua estratégia e você pode acabar investindo nas pessoas erradas.

Para que o conceito de lead fique bem claro, vamos entender o que são os visitantes e os prospects para o Marketing digital: 

  • Visitantes: São aquelas pessoas que chegaram até o seu site de alguma maneira e passaram a tomar conhecimento do seu negócio. Dentro desse grupo de visitantes podemos encontrar potenciais clientes, jornalistas e até mesmo concorrentes.

  • Prospects: São aquelas pessoas que estão qualificadas pela equipe de marketing e que provavelmente irão se interessar pelos seus produtos e serviços, pois estão alinhados com o seu perfil de cliente ideal.

Compreendeu quais são as diferenças entre essas categorias e um lead? Vamos agora aprofundar ainda mais no conceito lead e compreender qual a importância de gerar leads para o seu negócio.

A importância de um lead para o seu negócio

Se você ainda está se perguntando o motivo de precisar investir em leads ao invés de partir para  a venda direta, abordaremos esse tema a seguir. 

A geração de leads é essencial para que você possa aumentar a sua receita e também acelerar o processo de vendas de uma empresa.

Pois, cerca de 92% dos visitantes que encontram a sua empresa, através dos seus principais canais de comunicação, não estão prontos para realizar uma compra.

E investir nessas pessoas, nesse momento, é desperdiçar seus esforços das suas equipes que poderiam ser direcionadas para um lead qualificado

Para contornar esse cenário é necessário gerar leads, mas também investir em nutrição e qualificação desses leads  até que ele tenha maturidade suficiente para realizar a compra.

Essa maturidade é adquirida através da construção de um relacionamento de confiança com o lead, e que vantajosamente gera para a sua empresa maior autoridade e também visibilidade. 

Imagem vetorizada do processo de aquisição de lead

Como gerar leads?

Nesse ponto, provavelmente, você já está curioso para saber quais são as estratégias de Marketing digital mais utilizadas para geração de lead. 

É importante que você compreenda que é possível utilizar diversas estratégias, entretanto a geração de lead alguns elementos são essenciais e precisam ser aplicados independentemente da estratégia que você definir:

  • Landing page: É uma página de captura, com o foco em obter prender a atenção do seu lead sobre determinado produto ou tem para que você possa obter seus em troca de uma proposta de valor. 

  • Formulário: É através do formulário que você irá obter os dados do seu lead (email, telefone, nome, profissão, posição na empresa) para realizar ações mais direcionadas em conduzi-lo através do funil de vendas.

  • CTA: É a chamada para ação, é ela que deve indicar o que o usuário deve fazer na próxima etapa (“cadastrar um email”, “faça download”, “obtenha acesso a versão gratuita”).

  • Proposta de valor: É ela que irá induzir o seu lead a deixar os seus dados, por isso ela tem que ser boa o suficiente para incentivá-lo a realizar essa ação. 

Além desses elementos, vamos abordar agora quais são os principais canais e estratégias utilizadas na obtenção de leads. 

Tenha um blog ou um site

Acima apresentamos o conceito de Landing page na obtenção de leads, e de fato a maioria das promoções é realizada através de Landing page, mas isso não impede que você utilize outros canais como um blog ou site.

Eles permitem que você seja encontrado pelos seus leads através dos mecanismos de busca, como o Google, ou divulgações nas redes sociais.

Através de um blog, por exemplo, você pode oferecer inscrição por email para que o lead receba conteúdo novo toda vez que ele for publicado e assim nutrir seus leads até que eles estejam qualificados.

Se você quiser criar um blog, site ou landing page, experimente a plataforma Wix

O Wix, é uma plataforma de hospedagem de sites que possui também um editor de sites fácil de utilizar.

Através deste editor você pode montar o seu site em poucos minutos sem precisar saber programação. 

Você pode criar sites profissionais do zero ou escolher uma das várias opções de templates prontos para editar como você quiser.

Basta utilizar a ferramenta de arrastar e soltar do editor do Wix e fazer o seu site e blog profissional.\ \ Crie seu blog com a Wix

Invista em Mídia paga

A mídia paga é uma estratégia consiste em utilizar anúncios pagos para aumentar a visibilidade da sua campanha, landing page ou blog para o seu  público-alvo.

É possível utilizar anúncios pagos em blogs, sites ou nas redes sociais e esses canais permitem que você segmente o seu público com maior precisão para otimizar a sua obtenção de leads.

Dentre os patrocinadores de anúncios mais comuns podemos citar o Facebook Ads e também no Google Ads.

É possível  também divulgar formulários específicos para fazer com que o visitante deixe seus dados de contato. 

No Facebook, também existe um formato pensado para a geração de leads, chamado de Facebook Lead Ads, que inclui um formulário na própria rede social, sem que o usuário precise ir para uma landing page em ambiente externo.

Aprenda sobre Marketing de conteúdo

O Marketing de conteúdo é uma estratégia que pode ser considerada o carro chefe na geração e também na nutrição de leads, como veremos mais adiante. 

Ele é uma estratégia que consiste em entregar conteúdo de valor para o seu cliente com o objetivo de atraí-lo ou conduzi-lo para a próxima etapa do funil de vendas.

O Marketing de conteúdo é um dos responsáveis pela maturação de um lead na jornada de compra, através dele o seu lead tem a possibilidade de conhecer mais sobre o seu negócio.

E é através do conteúdo que você irá produzir material rico para que o seu lead e se sinta incentivado a deixar o contato dele no formulário da sua landing page.

O material rico, geralmente, é a proposta de valor em uma Landing page, pois ele possui um aprofundamento de temas que envolvem o seu negócio.

E que acima de tudo ajudam seu público com problemas e demandas reais, esses conteúdos podem ser produzidos em vários formatos como ebooks, infográficos, webinars, etc… 

Se você quer saber mais sobre o Marketing de conteúdo, conheça o treinamento máquina de conteúdo.

O Treinamento Máquina de Conteúdo é um curso que contém 12 módulos para que você compreenda como aplicar essa estratégia nos diferentes canais de comunicação.

Nos 12 módulos do curso você irá entrar em contato desde temas introdutórios, até assuntos mais aprofundados como criar conteúdos que vendem, criar conteúdos para blogs, vídeos, email, redes sociais e muito mais.

É um curso completo para quem deseja saber como produzir materiais de qualidade e gerar mais leads para o seu negócio.

Invista em Co-marketing

O Co-marketing nada mais é do que realizar uma parceria com uma empresa que atua no mesmo segmento de mercado que você, mas que atenda uma necessidade diferente do seu público.

Através dessa parceria, vocês podem realizar a elaboração de um material rico, por exemplo, dessa forma o alcance do seu produto será maior, e ambas as empresas têm a chance de se beneficiar com isso.

Ou seja, a geração de lead ocorre através do alcance desse público que você não conseguiria alcançar se estivesse trabalhando sozinho. 

Mas antes de investir em Co-marketing pesquise sobre as empresas que são referências dentro do mercado, você deve encontrar empresas que sejam sérias e que tenham boa reputação no mercado. 

E não esqueça de estabelecer limites e elaborar os contratos para que ambas as partes saibam o que precisam cumprir dentro do acordo.

Esteja presente nas Redes sociais

As redes sociais, além de trabalharem relacionamento com o público também permitem que você encontre leads.

Também é possível utilizar a estratégia de Marketing de conteúdo para atrair novos leads e então investir em anúncios patrocinados para que esse conteúdo chegue até o público.

Mas para utilizar as redes sociais é necessário atuar estrategicamente ou ela será apenas mais um canal onde você recebe likes e comentários.

É preciso investir em manter uma relação próxima com o seu público, você pode divulgar o seu blog através das redes sociais, ou através dos anúncios você direciona os clientes para a sua Direct, Facebook Messenger. 

Você também pode iniciar uma conversa com os seus clientes nos comentários e conduzi-los para uma conversa através do direct.

Conheça quais os recursos das redes sociais você pode utilizar e traçar estratégias para que você possa alcançar um público maior, e consequentemente alcançar mais leads.

Ofereça avaliação gratuíta

Se você vende um software, por exemplo,  para que o público conheça as diferentes funcionalidades dos seus programas, você pode oferecer a ele um período de avaliação grátis.

Além de obter os dados desse lead, ele acaba conhecendo as funcionalidades do seu produto e  consequentemente pode garantir que ele é necessário para atender a sua necessidade. 

Esse tipo de licença é muito comum e utilizada em softwares do tipo Saas

Ou seja, se quiser continuar usufruindo dos benefícios do seu Software basta entrar em contato com a sua empresa para garantir a licença premium.

Marketing de Referência

É através do Marketing de referência que os próprios consumidores indicam a sua empresa para amigos ou familiares, uma vez que eles valorizam a sua marca e ela entende quais são as necessidades deles.

Muitas empresas costumam oferecer benefícios para aquelas clientes que as recomendam e dessa maneira  conseguem atrair mais leads para o seu negócio.

Depois da indicação, a empresa fica responsável por fazer o contato inicial e a captação desse lead.

Ofereça Webinars

Oferecer Webinars gratuitos e com um conteúdo que interesse à sua audiência funciona da mesma maneira que oferecer um material rico para o seu público através de landing page. 

Além disso, é uma ótima oportunidade para promover Networking entre os seus clientes, o importante é investir em algo que os seus clientes realmente precisem. 

O que é nutrir leads?

Agora que você já conhece algumas das estratégias para atrair leads para o seu negócio, podemos abordar maneiras de nutrir os seus leads.

Ainda não sabe o que é nutrir leads? Não se preocupe, pois explicaremos a seguir. 

Nutrir leads é o ato de engajar seus leads com a equipe de marketing, em busca da construção de relacionamento, e também envio de materiais que conduzam esse lead pelo funil de vendas.

Esse passo acontece depois que você já foi capaz de converter os visitantes do seu site em leads.

Ou seja, você possui seus dados de contato, e é nessa hora que a sua equipe de marketing deve começar a agir.

É imprescindível a condução dos seus leads através do funil de vendas para evitar que o cliente tome outros caminhos como a desistência ou optar pelos seus concorrentes.

Dessa maneira, a nutrição de leads é um processo essencial para que você possa conquistar a confiança dos seus leads conforme o lead vai avançando através do funil de vendas.

Imagem vetorizada de uma pessoa realizando campanha de email marketing para nutrir lead

Aprenda a nutrir seus leads

Agora que você já sabe porque é importante nutrir seu lead, vamos falar sobre as estratégias que você pode utilizar para nutri-los.

Como já foi mencionado, o Marketing de conteúdo é o carro chefe da nutrição de leads, e você pode utilizá-lo por meio de publicações em blogs, redes sociais ou qualquer outro canal que o seu público tenha acesso.

Uma estratégia que é muito utilizada na nutrição de leads é o email marketing, pois através dele você pode criar  campanhas de fluxo de nutrição

É através do fluxo de nutrição que são enviados uma sequência de emails que vão levar informações e educar seus leads.

Assim o seu lead pode aprofundar os seus conhecimentos, enquanto você ganha reconhecimento e autoridade no mercado.

Para utilizar o fluxo de nutrição de leads, é necessário ter um bom conhecimento Persona, e em qual momento da jornada de compra o seu lead se encontra.

Para trabalhar com a nutrição de leads é preciso seguir as seguintes etapas:

  • Passo 1: Definir um objetivo é importante. Você deve saber o que deseja promover através dessa campanha (evento, conteúdo ou campanha).

  • Passo 2: Definir a persona é preciso para que você possa segmentar o seu fluxo de e-mail. Através da criação de uma persona você compreende quais são as suas necessidades, e comportamentos para atendê-los.

  • Passo 3:  Definir qual será a ação de um usuário que irá disparar uma sequência de email. Que deve ser uma ação em que ele demonstra ter interesse ( receber newsletter do seu blog, baixar um ebook).

  • Passo 4:  Com as informações da sua Persona é necessário produzir o conteúdo dos seus e-mails.  A cada envio você deve aprofundar o conhecimento do seu lead e você pode enviar conteúdos já produzidos das suas redes sociais ou do seu blog.

  • Passo 5: Defina  a frequência em que os seus emails serão enviados. É importante não fazer com que eles sejam enviados em um espaço de tempo muito curto nem muito longo. 

  • Passo 6:  Escolha a sua ferramenta de email marketing e programe os envios no sistema.

  • Passo 7: Analisar os resultados é necessário, pois é bem provável que você precise otimizar as suas campanhas para saber quais são as abordagens que geram mais conversões.

Não esqueça de estudar sobre Marketing de conteúdo, acima apresentamos o curso Treinamento Marketing de Conteúdo para que você conheça as principais técnicas dessa estratégia.

Além disso, como mencionamos, você irá precisar de uma ferramenta de email marketing para conseguir aplicar o seu fluxo de nutrição. 

Por isso, apresentamos a ferramenta  E-goi de email marketing que vai te ajudar a alcançar os seus objetivos.  

Com o E-goi, você pode criar landing pages, gerir as suas redes sociais e programar anúncios, pois ela também é uma plataforma de automação de marketing.

E ainda pode criar testes a/b para saber  qual dos seus conteúdos chama mais a atenção dos seus leads, otimizar suas campanhas e acompanhar os seus resultados.

O E-goi é uma ferramenta desenvolvida especialmente para você que quer melhorar o marketing do seu negócio e atrair mais leads. 

E-Goi - solução completa de automação e email marketing

O que é qualificar um lead?

Depois de entender mais sobre os processos que vão contribuir para que o seu lead se torne efetivamente uma conversão, vamos entender mais sobre o que é qualificar um lead é porque você deve investir em leads qualificados.

Mas o que são leads qualificados? Leads qualificados são aqueles que possuem maiores chances de fechar negócio com você entre aqueles contatos que já se encontram no seu funil de vendas.

A vantagem de identificar quem são os leads qualificados é que dessa forma você pode encurtar o processo de vendas e torná-lo mais eficiente.

Pois os vendedores irão abordar apenas aquele lead que está mais apto a realizar a compra. 

Cada lead deve ser classificado conforme a posição em que ele se encontra no funil, ou com base nas interações que ele fez com a sua empresa.

  • Marketing Qualified Lead (MQL): São os leads que devem ser trabalhados pela equipe de marketing, ou seja, ainda não estão prontos para passarem para equipe de vendas. Entrão pelo funil após realizarem alguma interação com a marca.

  • Sales Qualified Lead (SQL): São os leads que devem ser trabalhados pela equipe de vendas. Eles são o estágio após MQL, ou seja eles cumprem os pré-requisitos estabelecidos pelas equipes de marketing.

  • Product Qualified Lead (PQL): São aqueles leads que testaram a versão gratuita de um produto e que demonstraram interesse em adquirir a versão paga.

  • Service Qualified Lead: São os leads que já são seus clientes, entretanto demonstram interesse em adquirir upgrades dos serviços encontrados na sua empresa.

Entenda como qualificar seus leads 

Cada empresa pode possuir a sua metodologia de qualificação de leads, e muitas delas adotam a metodologia de lead scoring para classificar seus leads.

Essa metodologia consiste em atribuir uma nota para cada lead com base nos critérios que você mesmo definiu.

Você pode definir pontos para cada ação do lead ou característica conforme a sua relevância para a sua estratégia.

Por exemplo, um diretor de uma empresa é uma característica que vale 10 pontos, ele baixou um ebook no seu site 15 pontos. 

Agora se for um analista de marketing você pode atribuir 5 pontos para a posição e 15 pontos por ele ter baixado o seu ebook.

A diferença entre o diretor de uma empresa, é que o diretor provavelmente tem mais autonomia, então ele pode ser um lead mais qualificado do que um analista de marketing.

Esse é apenas um exemplo, pois cada empresa possui o seu próprio nicho de mercado.

Caso você queira investir em qualificação dos seus leads, é importante que você  utilize lead tracking, pois dessa forma você pode acompanhar os passos dos seus leads no seu site. 

Além disso, é importante que você defina uma pontuação ativa que irá determinar o exato momento em que o lead pode avançar para a próxima etapa. 

As empresas de uma maneira geral buscam qualificar leads que:

  • Podem desfrutar dos recursos que a sua empresa oferece

  • Podem pagar pelas soluções da empresa 

  • Atendem ao perfil de cliente ideal da empresa 

  • Têm poder de decisão para a compra

  • Estão maduros para a tomada de decisão

Otimize a condução dos seus leads pelo funil de vendas

Para que você possa melhorar as suas chances de aquisição de lead e nutrição vamos entender o que não deve ser deixado de lado durante esse processo. 

Mantenha uma visão completa do seu funil de vendas

Uma das dificuldades em converter um lead durante o processo de compra é saber em qual etapa do funil ele se encontra.

Para que esse processo seja realizado de maneira clara e sem complicações é bem provável que você precise utilizar uma ferramenta que te permita acompanhar os seus leads de maneira mais eficiente e segura.

Você precisa saber a quantidade exata de quantos leads estão no início, no meio e no fundo do funil para ter um melhor controle das suas estratégias, e também acompanhar as suas taxas de conversão.

Apenas dessa forma será possível verificar qual das etapas ainda precisa de melhorias, quais os conteúdos ainda não estão conduzindo os seus leads para as próximas etapas do funil de vendas.

E para que esse processo seja realizado com qualidade você pode investir em ferramentas de automação como o RD Station.

O RD Station é uma ferramenta completa que permite que você capture contatos, crie landing pages, formulários e gerencie o seu marketing em um só lugar, dessa forma você pode ter uma visão completa do funil de vendas.

Ainda é possível personalizar a sua jornada de compras, automatizar tarefas simples e acompanhar as ações de cada lead.

O RD station possui um período de teste gratuito e após esse período você pode optar por escolher entre os planos light, basic, pro ou enterprise de acordo com as necessidades do seu negócio.

Utilize o RD Station para facilitar o acompanhamento dos seus leads em cada etapa do funil de vendas.

Deixe sua base de leads sempre saudável

Para que você tenha certeza que está investindo nos leads que possivelmente irão trazer algum retorno para o seu negócio é necessário trabalhar ativamente para manter a sua base sempre saudável.

Por isso, você deve identificar quem são aqueles leads que pediram descadastro da sua newsletter ou que marcaram os seus Emails como Spam.

Mantenha uma base de leads saudável eliminando esses contatos para investir apenas naqueles leads que estão melhores qualificados.

Essa ação pode ser feita utilizando o RD Station que já citamos acima.

Busque os leads desengajados

Depois de verificar quem são aqueles leads que deixaram de ter interesse nos seus conteúdos e que nem abrem os seus  emails é necessário analisar todo o seu processo.

Verifique quais foram os materiais que o seu lead interagiu primeiro e que realizaram uma conversão e em seguida veja se houveram outras campanhas daquele conteúdo e ele não demonstrou interesse.

Um lead desengajado é aquele nunca abriu um email ou abriu apenas há alguns meses e parou de interagir. 

Reestruture as suas estratégias e tente alcançar esses leads novamente, você pode também investir em anúncios pagos para alcançar esses leads.

Defina metas e objetivos de conversão

É importante que você sempre trabalhe baseando-se em algumas metas, pois são elas que irão te indicar se as suas campanhas estão mesmo te conduzindo a uma melhora das suas oportunidades. 

Ela serve para motivar a sua equipe de vendas e também a sua equipe de marketing, além de te apresentarem um percentual de leads que você consegue alcançar.

Unifique as estratégias das suas equipes de vendas e de marketing

Depois de tudo que já apresentamos, é bem provável que você já tenha compreendido a importância dessas duas equipes na aquisição e condução de leads através do funil de vendas.

Por isso, é necessário permitir que ambas as equipes se mantenham atualizadas e interajam entre si.

É necessário que ambas as equipes trabalhem em conjunto para construir um processo de vendas eficaz e quais são as responsabilidades de cada equipe com os seus leads.

Também é preciso definir objetivos em comum, os critérios de qualificação e quais leads são considerados MQLs ou SQLs.

Imagem vetorizada de um lead clicando em um botão de cadastro em uma landing page

Principais métricas de leads para você acompanhar

Para que você possa definir se a sua estratégia está sendo eficaz e você está alcançando os resultados esperados você deve conhecer quais são as principais métricas utilizadas durante o processo de gestão de leads.

Custo por Lead 

Como o próprio nome já menciona, o custo por lead é  uma métrica que irá identificar qual é o custo de cada lead para a sua empresa.

Dessa forma, você pode avaliar se os seus investimentos com Marketing estão tendo retorno esperado.

 

A forma para fazer o cálculo do custo por lead é bastante simples:

CPL = investimentos em marketing / Número de leads

Nesse cálculo, você deve levar em consideração todos os seus investimentos utilizados para a atração de leads na sua campanha e dividir pelo número de leads gerados nessa campanha. 

Leads por venda

Leads por venda é uma métrica que irá te informar quantos leads precisam ser gerados para que haja a conversão em uma venda.  

LVL = Número total de leads / número de vendas

É possível também adaptar o seu cálculo e usar também o número de leads qualificados.

Taxa de conversão

É definida para cada etapa do funil permitindo que você acompanhe a taxa de sucesso de cada uma dessas etapas.

Quando avaliada no topo do funil, a taxa de conversão revela o percentual de visitantes que se tornou lead.

No meio do funil, mostra quantos MQLs se tornaram SQLs, e, no fundo do funil, quantos SQLs se tornaram clientes.

É importante definir um valor de meta para para orientar as equipes, e também monitorar o seus resultados.

Quantidade de leads

A quantidade de leads vai monitorar quantos leads foram gerados em valores absolutos. É possível realizar esse monitoramento em cada etapa do funil. 

Entretanto, lembre-se que números altos de leads não indicam sucesso de vendas.

Por isso é importante que você saiba quantos leads são necessários para que você possa transformá-los em conversões, e a partir desse valor definir uma meta. 

Exemplo de uma estratégia com o foco em leads

Para que você saiba como estruturar uma estratégia baseada em leads, vamos apresentar um exemplo do que você pode fazer para começar a atrair os seus leads.

Suponhamos que você tenha uma empresa de Softwares do tipo Saas, e você quer alcançar mais leads.

Vamos analisar juntos quais são os principais gatilhos que levariam os seus visitantes a se tornarem leads.

Estudar quais conteúdos agregam valor para o seu nicho

Lembre-se de que é muito importante definir uma persona para que você possa elaborar um material que seja totalmente voltado para as necessidades desse grupo de pessoas.

A partir desse estudo você também vai definir qual será a sua proposta de valor para aquele lead.

Tente descobrir o que é mais interessante oferecer a eles, um ebook? Talvez um Webinar?  Infográficos.\ \ É importante que você acerte nessa etapa, pois ela que será o motivador para que o seus visitantes deixem seu contato, lembra?

Monte o seu material rico e a sua landing page

Depois de definir qual material despertará mais interesse para o seu público é preciso escolher um conteúdo que agregue valor.

Por isso, elabore um material rico com conteúdo de alta qualidade para o seu lead, a qualidade do conteúdo mostra que a sua empresa tem autoridade e transmite maior credibilidade.

Não se esqueça que a sua landing page deve ser voltada para totalmente para divulgação desse material.

Inclua os elementos básicos para que o lead possa enviar seus dados e obter acesso a sua oferta.

Não esqueça de incluir no seu formulário dados que podem te ajudar a definir se aquele lead se encaixa no perfil que a sua empresa está buscando.

Por exemplo, se você quer vender um software de marketing, o certo é perguntar a posição na empresa para saber se essa pessoa pode tomar a decisão de aquisição deste software.

Divulgue sua landing page

Depois de pronta, basta você trabalhar na divulgação dessa landing page e para isso aposte na estratégia de multicanal para divulgá-la no máximo de locais possíveis.

E se você ainda quiser aumentar o seu alcance você pode investir em anúncios pagos para alcançar um público ainda maior. 

Faça email marketing

Com os dados que chegaram até você basta que você comece investir nas suas campanhas de e-mail marketing.

Verifique quem são aqueles usuários que abriram ou interagiram com os seus emails, e para esses usuários continue enviando conteúdo relevante.

É preciso verificar em qual etapa do funil eles se encontram para que você possa definir qual equipe irá executar a ação.

Acompanhe os leads no seu site

Além do e-mail e do material que você confeccionou é importante que você também observe qual tipo de interação está ocorrendo dentro do seu site.

Por exemplo, se os leads estão visitando a sua página de preços, faça uma abordagem proativa através de um chat online pela sua equipe de vendas. 

Continue monitorando os clientes que já realizaram uma compra

Se você quiser manter seus clientes na carteira de clientes ativa, crie para ele novos gatilhos para mostrar outros produtos da sua empresa ou funcionalidades que podem gerar um upgrade a determinado produto.

Por isso, mantenha uma comunicação constante com esses leads enviando a eles email uma vez por mês para mostrar novas funcionalidades e novos produtos que ele pode adquirir.

Analise seus resultados

Por fim utilize as diferentes métricas para monitorar as suas campanhas, trace novas estratégias e produza conteúdo cada vez mais qualificado e interessante. 

Modifique  e trabalhe nas suas campanhas para alcançar ainda mais resultados e converter mais leads.

Depois de entender mais sobre lead busque outras estratégias

Neste artigo apresentamos um guia completo sobre lead marketing, ou seja lead dentro do contexto do marketing.

Também mostramos algumas das estratégias que são possíveis de serem utilizadas no processo de aquisição de leads. 

Entretanto, o Marketing digital apresenta muitas outras possibilidades e existem outras estratégias que você pode estudar e aplicar no seu negócio.

Por isso, não deixe de estudar estratégias como o Inbound Marketing, Marketing de relacionamento, Marketing social para alavancar as suas vendas,

Boas vendas!

Início Blog Marketing Lead: O que é e como gerar?
Se gostou deste artigo, também pode gostar destes ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download