Mapa de site: conheça a sua importância

Tendo muita importância no processo de criação de um site, o mapa de site (ou sitemap) é uma ferramenta que pode auxiliar e muito na hora de manter a qualidade de seu domínio. Neste artigo, entenderemos o que ele é, como funciona e qual a sua importância.

No decorrer dos últimos anos, tornou-se extremamente comum qualquer empresa ou pessoa que deseja empreender ou vender algo em meio a internet, criar um site para divulgar o trabalho, realizar vendas e prospectar novos clientes.

Para que o site seja funcional e cumpra com o seu objetivo, são necessárias diversas ações, e algumas requerem bastante trabalho, outras nem tanto. Mas, ainda assim, é necessário um investimento para que as ferramentas necessárias sejam implementadas.

O site pode ter muitos tipos de informações e servir como uma espécie de banner informativo, como diversos sites governamentais funcionam, porém, quanto mais dados o site comporta, mais difícil é de o usuário encontrar o que precisa.

Quando esse problema aparece, muitos gestores desenvolvedores, seja por vontade própria ou por ordem de superiores, ignoram a possibilidade de desenvolver um mapa de site e partem para outras alternativas.

Claro que tudo depende da realidade de cada empresa ou seu desenvolvimento, mas a seguir, iremos entender o porquê aplicar o mapa de site e quais suas vantagens e benefícios diante de outras opções, seja com objetivo de flyer digital ou qualquer outro.

Por que criar um mapa de site?

Antes de mais nada, é necessário entender o que é um mapa de site e qual a sua importância no mercado de trabalho e no meio digital. 

Em poucas palavras, é denominado mapa de site um arquivo com várias informações bastante detalhadas sobre todas as informações variadas que o seu domínio contém, independentemente de onde esteja dentro do site.

Tão organizado quanto uma instalação elétrica externa, tem diversos sistemas e programas integrados para que ajudam na organização, etiquetagem e até mesmo auxiliar mecanismos de busca para que tenham números e resultados mais precisos.

Quando pensamos em um mapa de site, alguns critérios têm de ser preestabelecidos para sua utilização, buscando sempre facilitar a vida dos usuários que navegam pelo seu site, e não o oposto. Os critérios são:

  • Tem que ser funcional;
  • Deve otimizar o que já existe no site;
  • Ser intuitivo e prático;
  • Tem que organizar as informações do site;

Seja o seu domínio focado na expansão de entregas rápidas ou na venda de camisetas, tais pontos devem ser abordados pelo mapa de site para que tudo esteja harmonicamente funcional e correto, evitando problemas futuros.

Os mapas de sites estão relacionados a muito mais opções do que você possa imaginar e vão além da ideia de organizar o seu site e deixá-lo mais fácil de navegar. Eles impactam diretamente no modo como ele aparece diante dos mecanismos de pesquisa.

O sitemap ajuda o Google, o Bing e o Yahoo!, por exemplo, indexar as informações de maneira que seja mais fácil direcionar o usuário até o seu site.

Mas, não se confunda: ele não melhora o ranqueamento do domínio, seja ele de vendas ou de serviços de entrega motoboy.

Apesar disso, ele pode oferecer algumas vantagens que detalharemos melhor nos próximos tópicos, mas agora é importante que você entenda a diferença entre o HTML e o XML.

Mapa de site HTML e XML: qual é a diferença?

Para a criação de seu site é necessário que o arquivo disponibilizado em rede esteja em um desses dois formatos, o HTML e o XML. Embora ambos sejam realmente bastante úteis, há uma diferença entre eles:

HTML

Altamente recomendado para todos os sites, principalmente os grandes, pois auxilia no momento de criar uma espécie de índice para facilitar a navegação do usuário, em especial o comum.

Não é obrigatório que você o tenha em um site, no entanto, é muito melhor quando ele está presente. Pense em alguém que entra no seu site buscando comprar um notebook novo, mas você não oferece só notebooks, e sim, diversos outros produtos.

Se localizar em meio a tantas opções e variedades, que podem ir de equipamentos eletrônicos até cadernos para utilização em salas de aula, pode ser extremamente frustrante e demorado caso não tenha um índice que aponte e direcione o usuário.

Embora já tenhamos citado a não obrigatoriedade, é uma decisão pouco funcional e prática não investir nesse tipo de tecnologia quando se pensa na criação e manutenção do site, podendo perder clientes e afastar até os que já foram fidelizados.

XML

Já o XML ajuda em outro aspecto tão importante quanto, auxiliando os motores de busca dos mecanismos de pesquisa, como os já citados Google e Bing, a buscar todas as URLs dentro do seu site, inclusive a do seu próprio domínio.

Por exemplo, sua empresa é focada em serviços de gestão patrimonial e, dentro do site, existem diversos outros links relacionados ao trabalho ou serviço que você oferece, sendo de extrema importância para as estratégias do seu negócio.

É essa a função do XML, de organizar as informações e apresentar da forma mais estruturada e coerente possível para os mecanismos de busca e, consequentemente, para os usuários e visitantes do domínio.

Por isso que é altamente indicado ter ambos no desenvolvimento do mapa de site, pois um complementa a função do outro, podendo deixar seu site muito melhor ou muito pior dependendo da decisão que você tomar e qual estratégia abordará.

Vantagens do mapa de site

Assim como qualquer medida, estratégia, prática ou decisão empresarial, de nada adiantaria o investimento se não fosse ter o retorno necessário para impulsionar alguma área ou setor da empresa, seja em forma de capital, público ou influência.

O mais interessante é que essas práticas de construção do mapa de site podem ser utilizadas para empresas ou sites referentes a perfis pessoais, podendo ser aplicado tanto na divulgação de um evento quanto no aluguel de um espaço de coworking.

Confira a seguir algumas das vantagens e benefícios dessa prática:

1 - Acesso mais prático a produtos

Um mapa de site bem feito e estruturado facilita a busca de itens e produtos para todos, tanto para os usuários que visitam o domínio quanto para os motores de busca que procuram pelo URLs presentes.

Quanto mais relevante for a sua marca e maior for o alcance dela, melhor será o ranqueamento de seu site e mais atraente ele será frente aos motores de busca, facilitando todo o processo para ambas as partes: a sua e a do usuário.

Pense que, para comprar ou adquirir um produto, deve existir a menor quantidade de empecilhos possível para o usuário. Quanto menos obstáculos e melhor for a organização do seu site, menor a chance do cliente desistir da compra.

Essa otimização dos mecanismos de buscas deixa o SEO (Searching Engine Optimization) aprimorado consideravelmente, bem como a forma de como o mecanismo realiza as buscas, fazendo melhores varreduras no seu site.

O objetivo de todo esse trabalho é melhorar o ranqueamento, que só é possível com diversas outras ações e estratégias de marketing e busca, perante outros sites e páginas, para que aproxime ao máximo o seu domínio da primeira página de resultados de busca.

2 - Site mais independente

Normalmente, quando não é feito um bom trabalho de mapa de site ou simplesmente não existe esse sistema de navegação, os mecanismos de pesquisa utilizam de links externos ao seu site para indexar as pesquisas mais relevantes.

Diversos problemas podem ser gerados a partir disso, como por exemplo, ser direcionado a sites que podem não ser o seu, direcionar para links menos relevantes ao que você oferece, e até mesmo transformar seu site em uma landing page.

Em poucas palavras, a utilização do mapa de site é uma forma de dizer aos mecanismos de busca exatamente o que ele deve buscar e mostrar aos demais usuários, não o que ele julga ser o correto ou o mais apropriado.

3 - Melhor funcionamento da estrutura do site

Uma melhor organização de seu site concede benefícios que vão muito além do que o básico já explicado anteriormente, que é a melhor visualização e estruturação das opções e navegação em seu domínio.

O mapa de site ajuda também a organizar os links dentro da plataforma do seu e-commerce ou qualquer outro foco que tenha o seu domínio, organizando problemas de ordenação e até mesmo danos de inconsistências entre todas as seções e categorias das URLs.

Conclusão

Agora que já entende melhor a importância do mapa de site, comece a implementá-lo desde já e avalie os resultados obtidos. Adapte as orientações aqui apresentadas à sua realidade e utilize as dicas da forma que achar mais conveniente para seu site.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Início Blog Ferramentas Mapa de site: conheça a sua importância
Se gostou deste artigo, também pode gostar destes ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download