Inteligência Artificial: 7 Maneiras de Utilizar no Seu Ecommerce

Veja como essa tecnologia pode impulsionar seu sucesso

A aplicação de tecnologias de Inteligência Artificial (IA) tem enorme potencial em sites de ecommerce. Uma tecnologia que já entrou no setor de compras online e pode ajudar muito no seu negócio.

Uma das grandes promessas da Inteligência Artificial é a realização de uma experiência pessoal mesmo em compras online: até hoje, de fato, um site de ecommerce parece o mesmo para todos os usuários que o visitam. Isso pode ser modificado se houver uma personalização do site com base em parâmetros “pessoais”, como preferências, produtos, gostos e desgostos dos clientes.

Hoje existem diversas formas de utilizar a inteligência artificial no seu ecommerce e por isso listei as principais delas.

1. Reviews de clientes

As revisões transmitem clareza e confiança para os clientes quando estão pesquisando por seus produtos. Os sites de ecommerce enfrentam dois grandes desafios relacionados a revisões:

a) Eles não têm avaliações suficientes para mostrar, o que pode levar à perda de potenciais clientes;

b) Têm muitas opiniões ruins (atendimento, entrega, produto, etc), o que também leva à perda do cliente.

Sites como shop.com estão aplicando tecnologias de inteligência artificial para mudar a maneira como eles exibem os comentários.

Mostrando o que os consumidores realmente pensam sobre cada um dos produtos. Eles também podem disponibilizar informações que não estão presentes por padrão no arquivo do produto, mas que são essenciais durante a compra. Como por exemplo: a experiência que um cliente teve com um determinado produto.

2. Barra de pesquisa de produtos

A barra de pesquisa de um site de ecommerce deve ser intuitiva e fácil de usar. Este recurso é muitas vezes subestimado, mas é realmente vital para as vendas on-line.

Veja bem, até 30% dos consumidores usam a caixa de pesquisa para encontrar um produto!

A inteligência artificial pode incluir conteúdo gerado por outros utilizadores na barra de pesquisa (gerado pelo usuário). Os consumidores podem então encontrar os produtos que melhor satisfazem as suas necessidades e comparar as opiniões de outros consumidores.

3. Chatbot

Os Chatbots são ferramentas baseadas em inteligência artificial que podem compreender a linguagem natural e comunicar com os seres humanos. De fato, estamos numa altura em que não são as empresas que estão na linha da frente, nem os seus produtos, mas sim os consumidores.

Os Chatbots nos permite dar respostas eficientes às necessidades da nova geração, que querem sempre respostas precisas e imediatas e que julga a experiência do cliente com base nos tempos de espera e nas respostas que proporciona.

Através do uso de chatbots, sites podem diminuir o tempo de espera dos usuários, utilizando um software para responder a qualquer momento aos pedidos que eles querem fazer.

Além disso, não haverá mais barreiras impostas por feriados e horas noturnas em que o consumidor não possa ser ouvido.

O principal problema causado por essas inovações tecnológicas está relacionado à penalidade sofrida pelas empresas que não podem acompanhar esse desenvolvimento: essas, de fato, estão destinadas a serem superadas por empresas que, apesar de seu pequeno porte, são capazes de dominar as novas tecnologias de inteligência artificial e garantir a máxima satisfação do cliente.

Leia também: Como Vender Mais Com Um Chatbot na Página de Produto da sua Loja Virtua

4. Mecanismos de recomendação

Os mecanismos de recomendação são usados por muitos varejistas, como a Amazon, para identificar o público-alvo de seus produtos. Com base em pesquisas recentes realizadas por um potencial cliente, os algoritmos de IA nos motores de busca registram detalhes sobre o produto que está a ser procurado.

Com base nos resultados do algoritmo, o motor de pesquisa gera recomendações adequadas para o usuário e lista-as para ajudá-lo a encontrar rapidamente o produto. Que também pode ser muito útil no remarketing, ampliando a experiência nas redes sociais e no Google Display.

5. Automação de armazéns

As operações de depósito, um componente essencial da indústria de varejo de eletrônicos, desempenham um papel importante na determinação do desempenho de vendas de uma empresa. Existem empresas que utilizam robôs para melhorar os processos de armazenamento, tais como classificação, embalagem e categorização de pacotes. A rapidez e a eficiência dos mecanismos de triagem e dos prazos de entrega dos produtos são melhoradas.

6. Aumente a conversão através de mensagens push

A inteligência artificial pode aumentar a eficácia das mensagens “push” ao direcionar as mensagens para utilizadores específicos. Os usuários recebem a mensagem certa, através do canal certo, no momento certo.

Há também cases de sucesso. A Johnston Press coletou dados comportamentais de seus 13 sites de notícias e usou essas informações para enviar notícias relevantes como uma mensagem push. O resultado foi um aumento de 10% nas visitas ao site e um aumento de 31,8% na taxa de cliques.

7. Monitoramento de tráfego em seu site

Muitas empresas usam o painel do Google Analytics para ver quais páginas são bem visitadas. Ferramentas inteligentes podem ajudá-lo a analisar o tráfego do seu site e destacar recursos e oportunidades. Além disso, você pode ser informado com relatórios em tempo real, utilizando as informações para deixar seu site mais organizado e mais eficaz.

Embora a inteligência artificial tenha atualmente apenas moldado o comércio eletrônico de algumas formas, a escalabilidade e o impacto da inteligência artificial aumentarão. Este aumento ajudará a identificar novas perspectivas, construir melhores relacionamentos com os clientes, impulsionar as vendas e fechar as lacunas entre personalização e privacidade.

Este artigo foi escrito pela equipe da Jumple Virtual, empresa que oferece excelentes soluções de marketing digital para seu negócio. Se estiver procurando uma forma de implementar inteligência artificial no ecommerce, monitorar visitantes e utilizar chatbots para conquistá-los, conheça agora mesmo o JivoChat.

2019/03/18

Se gostou deste artigo, também pode gostar destes ...

Dicas para ecommerce, conversão e atendimento