5 motivos para o carrinho abandonado no e-commerce — e como evitá-lo

Saiba o que fazer para diminuir sua taxa de abandono de carrinhos

O universo do e-commerce oferece diversas oportunidades, mas também algumas particularidades. Uma delas é a do carrinho abandonado. Não é incomum que clientes naveguem por lojas virtuais, coloquem produtos no carrinho de compras, mas desistam de finalizar o pedido.

De acordo com uma pesquisa da Moosend, a taxa global de abandono de carrinhos chega perto dos 70%. Portanto, quando você vai vender pela internet, precisa estar ciente dessa dificuldade.

Todavia, isso não significa que você deve entregar os pontos e aceitar que talvez sua taxa de conversão não seja tão boa. Quer dizer, apenas, que você deve antecipar a possibilidade do carrinho abandonado em sua estratégia e agir para evitá-lo.

Se você não sabe muito bem como fazer isso, não se preocupe. Ao longo deste artigo, vamos conhecer alguns dos principais motivos para abandono do carrinho de compras e, claro, como proceder em relação a cada um dos fatores. Vamos lá?

1. Frete

Existe muita praticidade para o empreendedor ao criar uma loja virtual. Afinal, a gestão do negócio não depende de um ponto físico para comercialização dos produtos e, muitas vezes, pode-se trabalhar de casa. No entanto, o frete pode se tornar um empecilho nessa experiência online.

O estudo da Moosend aponta que 60% dos consumidores apontam esse fator como o principal motivo para deixarem o carrinho abandonado. Seja pelos custos ou pelos prazos, os clientes tendem a desistir de comprar em um e-commerce se não acharem o custo-benefício da entrega bom.

Por isso, você deve planejar o frete em sua loja virtual. Ao invés de depender apenas das tarifas e tempo de entrega dos Correios, faça a cotação de outros serviços do tipo. Existem empresas que fazem essa comparação para você e, dependendo da plataforma de e-commerce que você utilizar, é possível integrar essas aplicações, como Melhor Envio ou Frenet, diretamente à sua loja virtual.

2. Desconfiança

Há consumidores que podem até colocar um produto no carrinho, mas não se sentem muito confortáveis ao comprar em um e-commerce desconhecido. Portanto, você deve dar alguns sinais de que é seguro comprar em sua loja.

O primeiro deles é por meio do certificado SSL, um cadeado localizado ao lado da URL do seu site, que indica que aquele ambiente é seguro para que o consumidor insira seus dados. A instalação depende de como seu e-commerce foi criado, mas é fácil encontrar tutoriais na internet para cada caso.

Outra providência para deixar o visitante sossegado para comprar em sua loja é deixar claro para ele que você oferece atendimento em sua loja. Informe em locais visíveis da sua home se você tem chat, e-mail, telefone ou outros canais. Assim, ele vai saber que pode falar com você e sua equipe se tiver um problema, o que aumenta as chances de realizar a compra.

3. Dificuldade para finalizar a compra

É possível que você já tenha se deparado com algum cadastro que pedia milhares de informações. Por isso, você sabe o quanto isso é chato e pode motivar alguém a colaborar com as estatísticas do carrinho abandonado. Então, ao pedir as informações dos clientes para finalizar uma compra, solicite apenas o essencial.

Além disso, disponibilize o checkout transparente. Isso significa que, no momento de inserir os dados do pagamento, o cliente não deve ser redirecionado a outro site, mas permanecer no ambiente da sua loja virtual.

Simplifique o processo de compra

4. Dificuldade de navegação

Outro motivo que pode resultar em um carrinho abandonado é a dificuldade de navegação no e-commerce. O visitante pode até colocar um produto na sacola, mas, se tentar encontrar mais coisas e não conseguir, vai desistir.

Por isso, você deve facilitar a navegação. Para que sua loja virtual carregue rápido, evite subir mais que 15 produtos na home e organize bem as páginas de categorias.

Para sinalizar para os usuários onde encontrar cada coisa, organize o menu na home com as categorias dos produtos bem claras. Além disso, você pode criar banners para apresentar uma nova coleção ou as ofertas do momento.

Tenha sempre em mente que o visitante precisa enxergar em sua home os caminhos para chegar aos artigos pelos quais se interessa. Deixe esses botões em evidência e as pessoas conseguirão navegar tranquilamente.

5. Esquecimento

Pode parecer bobagem, mas muitas pessoas colocam um produto no carrinho em um e-commerce, acabam começando alguma outra tarefa e se esquecem de completar a compra. Mas esse não precisa ser um caso perdido.

Para recordar os esquecidinhos, você pode enviar um e-mail falando sobre o carrinho abandonado. E-mails desse tipo costumam ter uma taxa de abertura de 45%, de acordo com dados da Moosend, além de 21% de cliques e quase 11% de conversões. Portanto, vale a pena planejar esse tipo de ação em seu plano de marketing.

Se quiser dar um incentivo a mais, você pode oferecer um cupom de desconto para alguns casos especiais, como compras com um ticket mais alto, por exemplo. Além disso, você pode determinar um tempo para a oferta expirar, assim esse estímulo pode levar o cliente a finalizar a compra.

Conclusão

Apesar de ser encarado como um vilão no e-commerce, existem diversas formas de diminuir os casos de carrinho abandonado em sua loja virtual. Aplicando as dicas do artigo, você vai ver como suas vendas vão aumentar.

Você já empregou alguma dessas medidas em seu e-commerce? Conte para a gente nos comentários quais foram os resultados!

2020/03/23

Se gostou deste artigo, também pode gostar destes ...

Dicas para ecommerce, conversão e atendimento