O que é pensar fora da caixa e como ter ideias criativas

Índice

Você sabe o que é pensar fora da caixa? O significado desta frase não está ligado diretamente a caixas físicas e sair delas.

Esta expressão na verdade está ligada ao pensamento criativo para encontrar soluções diferenciadas para situações e problemas pelas quais todas as pessoas passam.

Conseguir fazer isso é deixar de lado os padrões que podem limitar seus pensamentos e conseguir olhar para opções que não são óbvias.

Por isso, é comum que algumas pessoas acreditem que a criatividade é algum tipo de dom inerente às pessoas. Essa qualidade também é comumente ligada a trabalhos artísticos, comunicativos, de marketing ou publicidade.

A verdade é que qualquer pessoa, atuando em qualquer área, pode contar com os benefícios do pensamento criativo. Engenheiros, empresários, vendedores e até mesmo advogados podem se beneficiar de pensamentos inovadores.

Para entender melhor o que é o pensamento criativo, como estimular sua criatividade e seus benefícios, confira o nosso artigo. Vamos lá?

O que é pensar fora da caixa?

Essa frase é derivada do termo em inglês “thinking outside the box”, que pode ser traduzida literalmente como  “pensar fora da caixa”. Essa expressão significa encontrar soluções criativas para solucionar problemas.

O termo foi originado por consultores de negócio nas décadas de 70 e 80 e acabou se popularizando no universo dos negócios.

É importante reconhecer que a criatividade não é um dom inato ou um talento natural, é possível sim desenvolvê-la através de estudo, prática e trabalho. 

Também é preciso entender que a criatividade está diretamente ligada às referências que as pessoas adquirem durante toda sua vida. 

Desta forma, livros que já leu, filmes, lugares, viagens e outras ocasiões poderão ser conectados em suas ideias para encontrar a resposta do que estava procurando. 

No entanto, não adianta ter um grande acervo de referências e não contar com a capacidade de interligá-las. 

Por isso, é preciso praticar e desenvolver técnicas que facilitem a criatividade. É possível fazer isso aprendendo com outras pessoas e ficando ainda mais aberto para encontrar novas referências.

Por que é importante pensar fora da caixa?

Pensar de forma diferenciada e encontrar soluções criativas é algo fundamental para que empreendedores consigam inovar e ter novas perspectivas sobre seus negócios.

Afinal, vivemos em um mercado globalizado e conectado onde as empresas precisam se adaptar a novas tendências com agilidade. Portanto, inovação é algo essencial.

Para que isso aconteça, é preciso entender as regras e o funcionamento do seu mercado para que ideias inovadoras possam ser executadas com propriedade.

14 dicas de como pensar fora da caixa

Confira a seguir algumas dicas e processos criativos que podem inspirar você a pensar fora da caixa e encontrar soluções criativas para problemas e situações do seu dia a dia.

1. Fique atento ao seu redor

Uma das maneiras de tornar sua mente mais receptiva para novas ideias é aguçar sua percepção. Isso pode ajudar a exercitar sua criatividade indo além de pensamentos lógicos e racionais com os quais estamos acostumados. 

Guarde tempo para observar o ambiente ao seu redor com mais calma, prestando atenção nos detalhes, acontecimentos e até mesmo movimentos.

É normal que as pessoas tenham pressa e deixem de lado eventos do cotidiano, o que faz com que as oportunidades de conexões sejam perdidas. 

Não deixe para depois, comece a olhar o mundo ao seu redor e preste mais atenção em comportamentos, disposições de objetivos e eventos que acontecem.

Homem trabalhando e pensando no ambiente ao seu redor

2. Mude o ambiente ao redor

Mudanças podem estimular a criatividade. Mudar a organização de seu escritório, o lugar dos móveis, a cor de sua xícara de café e outros detalhes no seu ambiente podem gerar resultados positivos.

Se possível encontre novos espaços para trabalhar, atualize a decoração do ambiente e faça pequenas mudanças em sua mesa.

3. Amplie seu repertório

É comum que as pessoas tenham ideias ligadas a caminhar já conhecidas quando precisam solucionar algum problema.

Muitas vezes, a primeira opção será a mais segura e irá dar conta de resolver o que é preciso, mas nem sempre esta será a opção mais criativa.

Para pensar fora da caixa é preciso reconhecer os caminhos diferentes, para isso, é preciso fazer coisas diferentes em seu dia a dia.

Dê oportunidades para novas coisas com as quais vocês não estão acostumados, novos estilos de músicas, gêneros de filmes, livros, até mesmo comida.

Fazer essas coisas que você não está acostumado irá ajudar a ativar novas áreas em seu cérebro, provocando novas conexões e ideais.

Quanto mais coisas novas forem absorvidas, maior será o seu repertório de ideias e isso não tem um limite. Essa é uma das principais estratégias para se tornar uma pessoa criativa capaz de pensar ideias inovadoras.

Portanto, fuja de sua zona de conforto e se coloque em situações inicialmente desconfortáveis para exercer sua criatividade.

4. Converse com pessoas

Uma das maneiras mais eficazes para aumentar seu repertório de ideias e referências é conversar com pessoas.

Cada indivíduo conta com diversas histórias e experiências de vida. Compartilhar essas ideias através de conversas pode abrir novos horizontes e possibilidades criativas.

Portanto, aproveite as conversas rápidas na rua, no ponto de ônibus e em filas para adquirir conhecimentos que podem fazer a diferença em seu trabalho.

Conversar com colegas de trabalho de outros setores e tentar entender sua perspectiva também pode ajudar a entender problemas por outros ângulos.

Em certas ocasiões, conversar sobre uma ideia que está sendo desenvolvida pode trazer novas opiniões que a melhor. Afinal, muitas vezes não conseguimos enxergar todas as possibilidades sozinhos. 

Isso porque nossa mente está acostumada a seguir nossa própria linha de raciocínio, conversar com outras pessoas nos ajuda a encontrar novas possibilidades.

Grupo de quatro pessoas discutindo um assunto em uma pesa enquanto tomam café

5. Entenda o problema

O “insight” é um termo bastante utilizado em meios criativos, geralmente como se fosse a solução encontrada para resolver um problema. 

Este conceito está parcialmente correto, mas a verdade é que o insight também está diretamente relacionado aos problemas em si. Ter um insight na verdade é entender completamente qual é o problema que está sendo enfrentado. 

A realidade é que muitas situações não são resolvidas por que os responsáveis não entenderam qual é o verdadeiro problema a ser enfrentado. Sem entender o problema, não será possível encontrar uma solução verdadeira. 

Portanto, antes de buscar por uma solução busque analisar bem e entender o que realmente está acontecendo.

Para facilitar seu trabalho, faça perguntas e encontre formas mais claras de visualizar as possibilidades. Pergunte o quê, quando, onde, como e porquê.

6. Experiencie novas coisas

É mais difícil ter ideias inovadoras vivenciando sempre as mesmas coisas. Portanto, planeje-se para ter novas experiências e conhecer coisas novas. 

Isso pode ser feito de uma forma mais expressiva, com viagens para destinos que você ainda não conhece ou mudanças nos detalhes do seu dia a dia.

Portanto, planeje viajar para um novo lugar, mude o caminho para o seu trabalho, conheça novos restaurantes e utilize novos métodos. 

Sempre que possível, tenha novas experiências, dessa forma seu cérebro receberá novas ideias, irá perceber o mundo de formas diferentes e isso irá aumentar a chance de conexões de novas ideias.

7. Entenda que você nem sempre tem respostas

Pessoas que sabem pensar fora da caixa entendem que não sabem tudo e estão vivendo em um eterno aprendizado.

Achar que você já sabe tudo pode limitar seu potencial, suas ideias e a sua criatividade. Aceite os limites que já tem e entenda que ter dúvidas é algo positivo.

Por mais que você seja especialista em algum assunto, entenda que existem lacunas no seu conhecimento e busque por novos conhecimentos e soluções.

Esse é o principal diferencial de profissionais que estão acomodados e profissionais criativos capazes de encarar problemas de formas diferenciadas.

8. Procure soluções criativas

Ao solucionar seus problemas, é possível escolher a forma tradicional de resolvê-los ou buscar por novas soluções que podem gerar novos resultados.

Entendemos que os métodos convencionais podem funcionar, mas pensar fora da caixa pode gerar resultados ainda melhores.

Portanto, tome iniciativa para agir ativamente em busca de opções criativas.

Homem com uma grande lâmpada atrás e ícones: lápis, engrenagem, paleta de cores, nota musical e papel

9. A criatividade é um músculo e precisa ser exercitada

Como já explicamos, a criatividade não é um talento inato, na verdade é um exercício prático cerebral.

Qualquer pessoa pode exercer o pensamento fora da caixa se exercitar sua criatividade constantemente.

Portanto, evite distrações e pratique atividades reflexivas em busca de novas ideias. Aborde a criatividade e a exercite diariamente, como um treino.

10. Vasculhe seu inconsciente 

A psicologia e a psicanálise estudam para entender as pulsões, desejos e medos do inconsciente humano, além de formas para aprimorar a inteligência emocional.

Algumas marcas inclusive exploram este conceito criando campanhas que usam as motivações e aspirações do seu público, entrando em seu inconsciente de formas diferentes para ganhar sua presença.

Explorar seu inconsciente pode ajudar a melhorar sua criatividade, pois a ação de pensar fora da caixa está diretamente ligada a este conceito.

Portanto, quando encontrar momentos onde buscar por soluções inovadoras estiverem difíceis, dê uma pausa, respire fundo e fique atento quanto aos seus impulsos, suas sensações e seus sentimentos.

11. Esqueça um pouco a direção do objetivo dos seus pensamentos

Ter um objetivo é algo fundamental para desenvolver um planejamento estratégico, no entanto, isso pode dificultar o pensamento criativo.

Portanto, evite ter metas e direcionamento muito engessados quando estiver buscando por um insight, pois isso pode bloquear sua criatividade.

Então deixe temporariamente seu planejamento e sua estratégia para renovar suas perspectivas e enxergar seus problemas de formas diferentes.

12. Se conecte criativamente com as pessoas

Pensar fora da caixa pode ser um ato individual e também pode ser exercido coletivamente. Para que isso seja possível é preciso se conectar com outras pessoas além de interações e conversas superficiais.

Em meios criativos o brainstorming é uma prática comum, onde diversas pessoas fazem uma tempestade de ideias coletivas que reúne vários cérebros pensando em um mesmo objetivo.

Esta técnica pode ser usada para criar ambientes em que as ideias criativas são mais propícias.

Eventos, webinars e palestras sobre a sua área também pode ajudar no pensamento inovador através de discussões. 

Para tirar o maior proveito, aprenda a ouvir atentamente as pessoas e entender novos pontos de vista.

Quatro pessoas conectando um quebra-cabeças em forma de lâmpada

13. Use ferramentas

Ferramentas podem ajudar a aumentar sua capacidade de pensar criativamente. Existem opções criadas especificamente para este objetivo.

Design thinking: é uma metodologia visual que oferece um guia para inovar através de etapas específicas como pesquisa, definição do problema, ideação, criação de protótipo e replicação.

Mapas mentais: funciona como uma técnica para transformar ideias em mapas gráficos, onde é possível identificar visualmente a conexão entre ideias e suas relações.

Brainwriting: é uma forma diferente de fazer o brainstorming. Em um grupo de ao menos 5 pessoas, cada uma deverá anotar 3 ideias sobre temas diferentes relacionados ao tema. Então troque de papel com um colega e preencha mais 3 ideias baseadas nas existentes, girando e trocando de papéis até acabar o espaço.

14. Não faça nada

Pode parecer algo contra intuitivo, mas estudos comprovam que o ócio criativo funciona. Ou seja, eventualmente é preciso parar um pouco para liberar espaço em sua mente para novas ideias.

Esta pausa para limpar a mente ganha ainda mais importância quando vivemos em um contexto de muita cobrança por produtividade. 

Por isso é preciso levar o descanso mental em consideração para conseguir produzir mais e melhor.

A explicação científica é que o relaxamento é algo benéfico ao cérebro porque ativa áreas corticais e do sistema límbico, que regulam várias atividades corporais.

Apertar o pause é fundamental para que sua mente seja capaz de tirar o foco do mundo externo e focar em suas próprias emoções, memórias e até mesmo o futuro

Esse descanso irá ajudar o seu cérebro a organizar seus pensamentos e gerar insights valiosos.

Preparado para ter ideias criativas e pensar fora da caixa?

Pensar fora da caixa é mais do que um clichê, é uma postura que traz benefícios tanto para sua vida profissional quanto para sua vida pessoal.

Se você está procurando por ideias criativas para abrir um negócio, confira nosso artigo com 31 ideias de negócios lucrativos.

Início Blog Comunicação O que é pensar fora da caixa e como ter ideias criativas
Se gostou deste artigo, também pode gostar destes ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download